Carregando tradução..
Carregando...
Administrativo (11) 4044-1133
Informações (11) 4051-2104
Whatsapp (11) 971121378

Últimas notícias

Aprenda como reduzir o valor do condomínio
30/04/18


Você sabia que é possível reduzir o valor do seu condomínio? Saiba mais e aprenda a como aplicar essa redução na sua vida!

Hoje em dia as construtoras optam por alternativas que ajudam a reduzir os valores de condomínio já na construção dos imóveis. Para reduzir as taxas, os métodos ecológicos têm sido utilizados e muitos compradores também priorizam unidades com essas características.

Você deve estar se perguntando: que métodos ecológicos são esses e qual é a relação deles com o valor dos condomínios? A resposta está no fato de que essa escolha ajuda a diminuir os impactos ambientais, pois economiza em até 50% os gastos com água e até 70% com energia elétrica. A tecnologia que ajuda a reduzir esses consumos vem de uma série de sistemas e acessórios que ajudam a reduzir o impacto econômico, além de controlar o uso dos recursos no dia a dia.

É claro que esses métodos tem um custo, mas esses investimentos são importantes na redução dos valores e controle dos recursos se pensarmos a longo prazo. O profissional Marcos Casado, que é Diretor de Desenvolvimento Sustentável na empresa Sustech Desenvolvimento, garante que os investimentos podem variar de R$ 50 a R$ 50 mil e que tudo depende do tamanho do empreendimento e custo com mão de obra. Ele diz também que 40% das técnicas sustentáveis se pagam em menos de 3 anos.

Os acessórios com maior entrada nos novos empreendimentos são os redutores de vazão, que ajudam a controlar o fluxo de água que sai das torneiras, economizando em até 30% o recurso natural. Esses redutores são anéis colocados nas saídas de água das torneiras que, em média, consomem 15,6 litros por minuto. Com essa técnica aplicada, o consumo por minuto passa a ser de 6 litros. Além desse acessório existem os arejadores, que também ajudam a reduzir o volume do fluxo de água, mas mantendo a sensação de intensidade através do ar. Esse método ajuda a economizar 20% da sua conta.

Há imóveis que além de disponibilizarem esses métodos também utilizam sistemas de reutilização e tratamento de água, garantido que a mesma seja reaproveitada para abastecer outros lugares, como por exemplo, as descargas.

Você deve estar pensando em como essas alternativas podem ajudar a reduzir o valor do condomínio em prédios que já estão prontos, visto que o que falamos já é implantado em empreendimentos que estão em construção.

O grande ponto é que é preciso analisar com calma até onde é viável a aplicação dessas mudanças em unidades mais antigas, lembrando que algumas alternativas têm custo baixo e são simples, podendo ser aplicadas em qualquer empreendimento. A troca das lâmpadas comuns pelas de LED e os redutores de vazão podem ser adaptados para prédios antigos, pois não envolvem mudanças na estrutura do local.

Além das alternativas que já mencionamos nesse artigo, existem também outros acessórios que os compradores e construtoras podem utilizar como opções para economizar nos consumos evitando custos altíssimos com condomínio e ajudando a poupar recursos. No mercado de construção existem chuveiros de baixo consumo que podem ser facilmente encontrados e tem um custo de até R$ 90. Eles auxiliam na economia de até 40% da água.

Relacionados à energia as opções são ainda maiores. Os sensores de luz natural e de presença ajudam a poupar energia, acendendo apenas quando há a ausência de luz solar ou a presença de alguém no ambiente. O custo dos sensores é de até R$ 40 reais e é possível notar uma redução de até 30% nas contas de luz.

A pintura refletiva pode ser usada nas paredes do imóvel para diminuir o uso do ar-condicionado e ventilador nos dias mais quentes. Esses aparelhos possuem alto consumo de energia e elevam as contas durante o verão. A tinta para pintura refletiva faz a parede a absorver menos calor, tornando o local mais fresco. Cada lata de 18 litros custa aproximadamente R$ 240. Mas isso é assunto para outro post…





Fonte: ImovelWeb






Últimas notícias
 20/09/18 - Mudança no crédito imobiliário beneficia comprador, só em 2019
 20/08/18 - Investir em imóveis:
 14/08/18 - Venezuelanos ricos são responsáveis por boom imobiliário Espanhol
 25/07/18 - Fazenda avalia que projetos de lei vão ajudar a inibir distratos
 10/07/18 - Recomenda-se revisar as clausulas do contrato de financiamento?
 05/07/18 - Por que esta é uma boa hora para comprar imóvel
 05/07/18 - Fazenda avalia que projetos de lei vão ajudar a inibir distratos
 06/06/18 - São Paulo tem novas regras para o uso de portões automáticos.
 24/05/18 - Exercite boas práticas para economizar energia elétrica
 30/04/18 - Aprenda como reduzir o valor do condomínio
 30/04/18 - Pequenas economias cotidianas com foco na compra da casa própria
 27/04/18 - SP deixa de ser um dos mercados imobiliários mais frios do mundo
 25/04/18 - Novas regras de financiamento aquecem o mercado imobiliário
 19/04/18 - Expositores do Salão Imobiliário de Portugal de 2018 aumentam 27%
 17/04/18 - O que muda no financiamento da Caixa após a queda dos juros
 13/04/18 - Qual o futuro do mercado imobiliário?
 11/04/18 - Caixa vai baixar juros imobiliários em abril, diz novo presidente
 03/04/18 - SP deixa de ser um dos mercados imobiliários mais frios do mundo
 28/03/18 - O comportamento do consumidor e o mercado Imobiliário
 21/03/18 - Posso transferir o financiamento de um imóvel para outra pessoa?
 21/03/18 - Aprenda a fazer um ar-condicionado caseiro
 21/03/18 - A documentação necessária para comprar imóvel com segurança
 21/03/18 - Novo golpe no mercado imobiliário: aprenda a se resguardar
 20/03/18 - A importância da brigada de incêndio em condomínios
 19/03/18 - Como declarar aluguéis no Imposto de Renda 2018
 16/03/18 - Conheça algumas hashtags para o Corretor usar nas redes sociais
 16/03/18 - Após período de recessão, mercado imobiliário se recupera em 2018
 12/03/18 - Preços de venda de imóveis residenciais ficam estáveis
 12/03/18 - Crise brasileira x bolha imobiliária americana: Veja a diferença
 09/03/18 - Mercado dá como certo que taxa básica de juros cairá para 6,5%
  - Justiça do Rio autoriza multa a falsos corretores
  - Venda de imóveis só com corretores
  - FGTS vai financiar imóveis até R$ 100 mil
enviando...